Porque o Sindiquinze defende “Fora Bolsonaro”

O Sindiquinze manifesta profunda preocupação com a crise institucional instalada, de natureza econômica, sanitária e política, catalisada pela total incapacidade do titular do Planalto e seu ministério em conduzir o País a uma saída segura.

O estatuto do sindicato, em seu artigo 2º, estabelece que; “o Sindiquinze tem por finalidade precípua unir os trabalhadores do Judiciário Trabalhista da 15ª Região, na luta por melhores condições de vida e de trabalho de seus representados, atuando na manutenção e defesa das instituições democráticas, sempre defendendo e observando a autonomia e independência da representação”.

Essa função, de defesa da vida, das condições de trabalho e das instituições democráticas, torna agora necessário o posicionamento firme contra o governo federal. O sindicato se reafirma como instância eminentemente política, de caráter suprapartidário, mas não há como se omitir em face das condutas destrutivas e antidemocráticas que temos presenciado recentemente.

Não bastassem os incessantes assaltos ao serviço público, desde o início do governo, nos últimos dias, o titular da Presidência da República elevou o tom dos ataques ao Supremo Tribunal Federal, guardião maior da Constituição da República Federativa do Brasil, ameaçando a autonomia do Poder Judiciário e sabotando as relações institucionais, agora em rota de colisão. Tudo isso em um contexto absolutamente caótico, quando a pandemia de Covid-19 toma conta do país em proporções avassaladoras. Tal situação cria um perigo iminente ao Estado Democrático de Direito, ameaçando a saúde e a vida da população brasileira. Enquanto escrevemos esta nota, o Presidente, insensível ao número de mortos pela pandemia, instiga seus seguidores a invadirem hospitais, incitando ódio aos serviços de saúde e seus trabalhadores e ameaçando a vida de doentes.

Por isso, neste momento nos juntamos a diversas categorias e entidades da sociedade civil na resistência aos desmandos de Jair Bolsonaro e sua equipe, para que possamos garantir a preservação do Estado Democrático de Direito e da vida, acima de qualquer interesse financeiro.

Campinas, 15 de junho de 2020.

Diretoria do Sindiquinze

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *