Sindiquinze apoia Dia Nacional de Greve na Educação neste 15 de maio

O Sindiquinze está ao lado dos estudantes e professores de todo o País que vão cruzar os braços e ir às ruas nesta quarta-feira, dia 15 de maio, no Dia Nacional de Greve na Educação contra o corte de verbas nas universidades e institutos federais. Secundaristas, universitários, pós-graduandos, professores e trabalhadores da Educação estarão juntos na mobilização nacional. Segundo a presidenta da União Nacional dos Estudantes (UNE), Marianna Dias, a expectativa é de que a sociedade como um todo apoie e participe dos atos.

Em Campinas, o ato acontece no Largo do Rosário, a partir das 10h30, desta quarta. Em seguida, sairão ônibus para São Paulo, onde será realizada a maior manifestação do País, no vão livre do Museu de Artes de São Paulo (Masp), na Avenida Paulista, a partir das 14h. Todas as entidades estudantis estarão presentes. Às 9h, haverá ato também em Sorocaba, na Praça Coronel Fernando Prestes, Centro, e em São Carlos, na Praça Coronel Salles.

O setor da educação universitária vai parar no Brasil inteiro. Até agora já são mais de 70 universidades que confirmaram a adesão à greve e aos atos que ocorrerão em todas as capitais.

O Sindiquinze é frontalmente contrário ao corte de verbas do Ministério da Educação (MEC) anunciado pelo Governo Bolsonaro. Além do bloqueio de 30% na verba das instituições de ensino federais, que inclui mais de 60 universidades e quase 40 institutos em todos os estados do Brasil, o retrocesso também vai atingir a educação básica, na contramão do discurso do presidente Bolsonaro desde a campanha eleitoral: o aumento de investimento para a educação básica em detrimento do ensino superior.

Por isso, AMANHÃ, A AULA É NA RUA!!!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *