Reunião Ampliada do FONASEFE/FONACATE define calendário de lutas com greves, paralisações e mobilizações em todo o país

A Reunião Ampliada do Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos (Fonasefe) e do Fórum Nacional Permanente de Carreiras Típicas de Estado (Fonacate), convocada para debater a conjuntura de ataques aos quais vêm sendo submetidos os trabalhadores brasileiros, em especial, os servidores públicos, foi realizada nos dias 2 e 4 de fevereiro, em Brasília, e definiu um calendário de lutas. O Presidente do Sindiquinze e Coordenador-Geral da Fenajufe, Zé Aristéia, e o servidor Luís Fabiano da Silva representaram os servidores da 15ª Região no evento.

No sábado, dia 3, ocorreram debates sobre p acelerado processo de desmonte do estado e dos serviços públicos promovido pelo Governo Temer com a EC 95, a terceirização e a reforma trabalhista, dentre outros. No domingo, foram definidas as ações a serem implementadas, com foco na “Defesa dos Serviços Públicos”. As ações têm o objetivo ainda de reforçar a luta Contra o Desmonte do Órgãos Públicos (#ContraOdesmonteDosOrgaosPublicos); Pela Revogação da EC 95 (#PelaRevogacaoDaEC95), Pela Revogação da Reforma Trabalhista (#PelaRevogacaoDaReformaTrabalhista) e Contra a Reforma da Previdência (#ContraAreformaDaPrevidencia).

O calendário definido foi o seguinte:

– 5 e 6 de fevereiro: atos nos aeroportos dos Estados e em Brasília – bota-fora e recepção aos parlamentares;

– 6 de fevereiro: ato na Comissão de Direitos Humanos do Senado (CDH), às 9 horas, na Audiência Pública de leitura do Relatório da CPI da Previdência – Frente Nacional contra a Reforma da Previdência;

– 6 a 16 de fevereiro: rodada de Assembleias nos Estados para construção do dia 19 – Dia Nacional de Luta contra a Reforma da Previdência;

– 19 de fevereiro: Dia Nacional de Luta contra a Reforma da Previdência, com greves, paralisações e mobilizações nos Estados.

Lançamento da Campanha Salarial 2018 dos Servidores Públicos Federais

– 2 de março: ato em defesa do Sistema Único de Saúde e Hospitais Públicos – #ForaBarros

– 8 de março: Incorporar as atividades internacionais e nacionais da luta das mulheres

Campanha Salarial 2018

Além do Dia Nacional de Luta contra a Reforma da Previdência com greves, atos e mobilizações, o 19 de fevereiro também marca o lançamento da campanha salarial dos Servidores Públicos Federais (SPFs) de 2018. A campanha terá como eixos específicos a correção salarial com aplicação do índice de 25,63% e a extensão do índice estabelecido pela Lei 13.464/17 a todos os servidores federais.

Os servidores também vão exigir o cumprimento de todos os acordos assinados em 2015, sistematicamente ignorados pelo governo. Outro ponto é a aplicação do valor de, no mínimo, 50% per capta da União, para a manutenção do plano de saúde dos servidores.

A pauta da campanha de 2018 será a mesma de 2017, com atualizações. A pauta atualizada será divulgada ao longo da semana.

Com informações da Fenajufe

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *