Presindente do Sindiquinze tem reunião no CSJT e trata de reposição das vagas remanescentes de aposentadoria

O Presidente do Sindiquinze e Coordenador-Geral da Fenajufe, Zé Aristéia, e o coordenador Marcos José dos Santos reuniram-se hoje, dia 16 de janeiro, com a Coordenadora de Gestão de Pessoas do CSJT, Rosa Amélia de Sousa Casado, para tratar da reposição de vagas remanescentes de aposentadoria nos TRTs. O reenquadramento dos Auxiliares Judiciários também foi tratado no encontro.

O CSJT confirmou a reposição de 713 vagas remanescentes de aposentadorias em 2018, que serão divididas pelos TRTs de todo o país. Destas, 132 são de juízes e o restante de analistas e técnicos judiciários. No TRT-15, são cerca de 120 vagas que não foram repostas após aposentadorias. O Tribunal tem até o próximo dia 19 para informar ao CSJT sobre o número exato. A Coordenadora de Gestão de Pessoas do CSJT informou que a partir das informações passadas pelos tribunais o órgão fará um estudo para divisão das vagas, que serão preenchidas ainda no mandato do ministro Ives Gandra na Presidência do TST e CSJT, que deixa o cargo no final de fevereiro.

Artífices

Sobre o reenquadramento dos Auxiliares Judiciários, Rosa Casado informou que a Secretaria de Gestão de Pessoas do CSJT está fazendo um estudo sobre a viabilidade de reenquadramento desses cargos sem impacto orçamentário. Na 15ª Região da Justiça do Trabalho existem seis cargos deste tipo, sendo quatro servidores da ativa e dois aposentados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *